Matheus Gabriel

Esse personagem segue as regras de Criação de Personagem de Fate Core, incluindo os detalhes específicos de Nest.

Aspectos

Conceito Heróico: Coelhal Mestre Sabe Tudo de Todas as Coisas de Bungledyne
Vida Mundana: Nerd vítima de chacotas que tornou-se desenvolvedor e CEO dotcom
Gancho: “Ainda vou publicar o Livro do Coelhal Mestre Sabe-Tudo!
  Paixão platônica: Amanda Wesker, sua Melhor Amiga
  “Estou me tornando aquilo que mais odeio?”

Perícias

Ótimo (+4) Conhecimento      
Bom (+3) Vontade Comunicação    
Razoável (+2) Empatia Roubo Provocar  
Regular (+1) Investigar Percepção Ofícios Furtividade

Façanhas (não disponíveis no começo da aventura) [Recarga: 3]

Talismã (a recuperar)

O Livro de Todos os Mistérios

O Livro de Todos os Mistérios é tão grande que ele flutua de alguma forma diante do seu dono enquanto usado e vira ele próprio as suas páginas. Isso se deve ao fato de ele ser O Livro que Comporta todo o Conhecimento no Mundo (e muito mais). O livro pode parecer velho e amassado, mas ele tem páginas infinitas que contem tudo o que qualquer pessoa poderia precisar saber, se ela souber como procurar tal conhecimento e como usar o livro. Apesar de enorme, ele encolhe quando guardado em bolsos ou bolsas, e não possui peso.


Matheus quando criança foi o típico nerd: gordinho, baixinho, sabe-tudo. E o sanedo não o tornava alguém querido pelas demais crianças, que acabam fazendo chacota do mesmo. Mas o que eles não sabiam é que ele era um Herói de Nest, o Coelhal Mestre Sabe Tudo de Todas as Coisas de Bungledyne, que lutava pelo que é certo usando seu conhecimento, pensamento rápido e movimentos velozes… Desse modo ele acaba escapando da realidade por meio dos passatempos típicos de um nerd de sua época, como computadores, livros e RPG, ao mesmo tempo em que ele enfrentava o Mal em Bungledyne e por toda a Nest.

Mas o tempo chegou em que ele teve que lidar com o fato de que iria crescer e “voltar para o mundo real”. Mas para ele, uma boa época começou.

Com a Ascenção da Internet e tudo relacionado, as pessoas começaram a usar tudo isso a favor delas, e de garoto nerd que ajudava na configuração de computadores, ele se tornou um desenvolvedor e CEO de uma empresa dotcom, um visionário comparável (ao menos por seus vizinhos) a Mark Zuckenberg, Steve Jobs e Bill Gates. Embora ele não tenha ainda feito a grana de verdade que os grandões das dotcom fizeram, ele tem se dado bem depois de terminar a faculdade UCLA.

Ele até mesmo empregou pessoas dos velhos tempos, os valentões e babacas que o humilharam todo o tempo. Ele ainda se pergunta porque ele se preocupou com erles ao ponto de oferecer emprego para eles, depois dos mesmos voltarem sem alguns de seus membros do Afeganistão. Talvez ele seja um humanista que se preocupa com os outros, ou talvez ele esteja se tornando aquilo que ele mais odeia: um babaca que por dentro ri da desgraça alheia, ao ver a quantidade de remédios que eles têm que tomar para evitar as crises de Estresse Pós-Traumático que os mesmos podem ter.

Mas ocasionalmente ele ainda revive seus sonhos de criança. Não que ele vá para Nest: ele sabe que Nest foi um sonho, ainda que um que salvou sua vida. Mas ele ainda tem o Livro do Coelhal Mestre Sabe-Tudo, uma pseudo-biografia que ele escreveu com todas as aventuras que viveu em seus sonhos. Quando tudo fica excessivo, ele volta para o caderno de anotações, com uma ilustração na capa de um homem com feições de coelho em roupas chamativas, como se o Coelho Branco de Alice no País das Maravilhas tivesse roubado o guarda-roupa de Jack Sparrow de Piratas do Caribe, arte essa desenhada pela sua melhor amiga e paixão platônica Amanda Wesker, para lembrar-se de épocas mais felizes, quando confrontar o Mal era simples e as decisões eram diretas, preto-no-branco.